Assunto

Anitta | Fotos e ÚLTIMAS notícias da cantora

  • Folhapress

    Anitta e MC Lan concorrem a Grammy Latino com poucos brasileiros em destaque

    SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O Grammy Latino divulgou na manhã desta terça (29) a lista de indicados à premiação. A cantora Anitta e o funkeiro MC Lan são dois dos poucos brasileiros a disputar um prêmio importante fora das categorias de língua portuguesa. Eles concorrem com a música "Rave de Favela", faixa em que eles cantam e que tem produção do grupo americano Major Lazer, e disputa a melhor canção "urban". Quem teve mais indicações na premiação de 2020 foi o cantor colombiano J Balvin, com 13, logo depois do porto-riquenho Bad Bunny, que foi lembrado 11 vezes pela Academia Latina de Gravação. Fora das categorias de música em português, Yamandu Costa e Caetano Brasil foram indicados ao prêmio de melhor álbum instrumental, enquanto a cantora Céu disputa melhor álbum de engenharia de gravação. O prêmio de Melhor Canção em Língua Portuguesa é disputado por Vitor Kley ("A Tal Canção Pra Lua", com participação de Samuel Rosa), João Bosco ("Abricó-de-Macaco"), Emicida ("AmarElo", com Pabllo Vittar e Majur), Elza Soares ("Libertação", com BaianaSystem e Virgínia Rodrigues) e Céu ("Pardo", composição de Caetano Veloso). A rapper brasileira Bivolt ainda ganhou uma indicação à categoria de melhor vídeo musical em versão curta, com "Cubana". Na mesma categoria, BaianaSystem e Tropkillaz concorrem com o clipe de "Saci (Remix)". Os indicados ao Grammy Latino são selecionados pelo voto de criadores de música de todo o mundo, que integram a Academia Latina de Gravação, entre artistas, compositores, músicos e produtores, que escolheram os nomes para as 50 categorias. A premiação trata de discos e músicas lançados entre 1° de junho de 2019 a 31 de maio de 2020. O Grammy Latino de 2020 acontecerá em novembro, no dia 19, em formato modificado devido à pandemia de coronavírus. O evento será ancorado em Miami, mas com apresentações de diversas partes do mundo. VEJA OS INDICADOS ÀS PRINCIPAIS CATEGORIAS Gravação do ano "China" — Anuel AA, Daddy Yankee, Karol G “Cuando Estés Aquí” — Pablo Alborán “Vete” — Bad Bunny “Solari Yacumenza” — Bajofondo Featuring Cuareim 1080 “Rojo” — J Balvin “Tutu” — Camilo com Pedro Capó “Lo Que En Ti Veo” — Kany García & Nahuel Pennisi “Tusa” — Karol G & Nicki Minaj “René” — Residente “Contigo” — Alejandro Sanz Álbum do ano "YHLQMDLG" — Bad Bunny "Oasis" — J Balvin & Bad Bunny "Colores" — J Balvin "Por Primera Vez" — Camilo "Mesa para Dos" — Kany García "Aire (Versión Día)" — Jesse & Joy "Un Canto Por México, Vol. 1" — Natalia Lafourcade "Pausa" — Ricky Martin "La Conquista del Espacio" — Fito Páez "Cumbiana" — Carlos Vives Canção do ano “ADMV” — Maluma “Bonita” — Juanes & Sebastián Yatra “Codo Con Codo” — Jorge Drexler “El Mismo Aire” — Camilo “For Sale” — Alejandro Sanz & Carlos Vives “ELMUNDOFUERA (Improvisación)” — Alejandro Sanz “Lo Que En Ti Veo” — Kany García & Nahuel Pennisi “René” — Residente “Tiburones” — Ricky Martin “Tusa” — Karol G & Nicki Minaj “Tutu” — Camilo com Pedro Capó Melhor artista revelação Anuel AA Rauw Alejandro Mike Bahía Cazzu Conociendo Rusia Soy Emilia Kurt Nicki Nicole Nathy Peluso Pitizion Wos Melhor canção "urban" “Adicto” – Tainy, Anuel AA e Ozuna “Muchacha” – Gente De Zona e Becky G “Rave de Favela” – MC Lan, Anitta, BEAM e Major Lazer “Rojo” – J Balvin “Yo x Ti, Tu x Mi” – Rosalía & Ozuna Melhor álbum instrumental "Plays Daniel Figueiredo" — Leo Amuedo "Cartografias" — Caetano Brasil "Sotavento" — Compasses "Festejo" — Yamandu Costa com Marcelo Jiran "Terra" — Daniel Minimalia Melhor canção em língua portuguesa “A Tal Canção Pra Lua (Microfonado)” — Vitor Kley & Samuel Rosa “Abricó-De-Macaco” — João Bosco “AmarElo (Sample: Sujeito de Sorte – Belchior)” — Emicida com Majur & Pabllo Vittar “Libertação” — Elza Soares & BaianaSystem com Virgínia Rodrigues “Pardo” — Céu Melhor álbum de pop contemporâneo em língua portuguesa "N" — AnaVitória "Enquanto Estamos Distantes" — As Bahias e a Cozinha Mineira "APKÁ!" — Céu "Guaia" — Marcelo Jeneci "Eu" — Melim Melhor álbum de rock ou de música alternativa em língua portuguesa "AmarElo" — Emicida "Little Electric Chicken Heart" — Ana Frango Elétrico "Letrux aos Prantos" — Letrux "Universo do Canto Falado" — Rapadura "Na Mão as Flores" — Suricato Melhor álbum de samba/pagode "Mangueira - A Menina dos Meus Olhos" — Maria Bethânia "Martinho 8.0 - Bandeira da Fé: Um Concerto Pop-Clássico (Ao Vivo)" — Martinho da Vila "Samba Jazz, de Raiz, Cláudio Jorge 70" — Cláudio Jorge "Fazendo Samba" — Moacyr Luz e Samba do Trabalhador "Mais Feliz" — Zeca Pagodinho Melhor álbum de MPB "O Amor no Caos Volume 2" — Zeca Baleiro "Belo Horizonte" — Toninho Horta & Orquestra Fantasma "Bloco na Rua" — Ney Matogrosso "Planeta Fome" — Elza Soares "Caetano Veloso & Ivan Sacerdote" — Caetano Veloso & Ivan Sacerdote Melhor álbum de músicas sertaneja "IssoÉChurrasco (Ao Vivo)" Fernando & Sorocaba "Origens [Ao Vivo em Sete Lagoas, Brazil / 2019]" — Paula Fernandes "Livre Vol. 1" — Lauana Prado "Churrasco do Teló Vol. 2" — Michel Teló "Por Mais Beijos Ao Vivo (Ao Vivo)" — Zé Neto & Cristiano Melhor álbum de música de raízes em língua portuguesa "Veia Nordestina" — Mariana Aydar "Aqui Está-se Sossegado" — Camané & Mário Laginha "Acaso Casa Ao Vivo" — Mariene De Castro e Almério "Targino Sem Limites" — Targino Gondim "Obatalá - Uma Homenagem a Mãe Carmen" — Grupo Ofa "Autêntica" — Margareth Menezes Melhor álbum de música cristã (língua portuguesa) "Catarse: Lado A" — Daniela Araújo "Reino" — Aline Barros "Profundo" — Ministério Mergulhar "Maria Passa à Frente" — Padre Marcelo Rossi "Memórias II (Ao Vivo em Belo Horizonte / 2019)" — Eli Soares Melhor clipe musical em versão curta "Saci (Remix)" — BaianaSystem & Tropkillaz "Rojo" — J Balvin "Cubana" — Bivolt "Para Ya" — Porter Alexis Gómez "TKN" — Rosalía & Travis Scott Melhor álbum de engenharia de gravação "Aire (Versión Día)" — Jesse & Joy "APKÁ!" — Céu "Quimera" —Alba Reche "Sublime" — Alex Cuba "3:33" — Debi Nova

  • Folhapress

    Anitta aparece pela primeira vez em parada musical da Billboard

    SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - A cantora Anitta, 27, está feliz da vida. Ela acaba de aparecer na 90ª posição do ranking da revista Billboard com a música "Me Gusta", feita em parceria com a americana Cardi B e com o porto-riquenho Myke Towers. Esta é a primeira vez que a artista brasileira figura na lista da parada musical mais importante do mundo, o Hot 100. Pelas redes sociais, Anitta celebrou. "Eu vou ficar bêbada agora mesmo", disse ela que também invocou os fãs de Cardi e Myke. Essa não é a primeira vez que um artista brasileiro aparece na lista. Tom Jobim (1927-1994) e Vinicius de Morais (1913-1990), na gravação de "Garota de Ipanema", com Astrud Gilberto, apareceram no quinto lugar do ranking em 1964. Nomes como Michel Teló e Nego do Borel também já foram vistos no ranking Hot 100 da Billboard. Com look de onça e acompanhada de bailarinas usando mascaras, Anitta foi a atração principal musical da noite de 23 de setembro, no programa The Tonight Show, popular late show da rede americana de TV NBC. Ao anunciar a cantora, o apresentador Jimmy Fallon disse que "Girl From Rio" é o nome do novo disco de Anitta. A brasileira cantou sua nova música "Me Gusta". Cardi B e o cantor Myke Towers participaram de forma remota. Imagens do Rio também foram exibidas durante a apresentação. Essa não foi a primeira aparição dela no programa apresentado atualmente. Em 2017, a cantora esteve no programa para apresentar a música "Switch", que lançou ao lado de Iggy Azalea.

  • Extra

    Música de Anitta, com Cardi B e Myke Towers entra nas 100 mais ouvidas do EUA

    Anitta acaba de bater um novo recorde. Sua música "Me gusta", em parceria com Cardi B e Myke...

  • Papelpop

    Anitta entra na Billboard Hot 100 pela 1ª vez com “Me Gusta”, feat. com Cardi B e Myke Towers

    No ranking das mais tocadas nos Estados Unidos a cantora acabou aparecendo na 90ª posição com o hit "Me Gusta"

  • Stats Perform News

    Anitta é o Brasil no FIFA 21: trilha sonora com mais de cem artistas é confirmada

    EA Sports divulga playlists para o FIFA 21 e para o VOLTA FOOTBALL com 108 músicas e artistas de 23 países

  • Extra

    Laryssa Bottino engrena namoro que começou durante quarentena na casa de Anitta

    Ainda nas primeiras semanas de quarentena, Anitta se isolou em casa com o então namorado Guilherme...

  • Yahoo Vida e Estilo

    Gkay faz tour por closet de Anitta: “Dá para correr aqui”

    Humorista está hospedada na casa da cantora.

  • Originais do Yahoo

    Gkay faz tour no closet de Anitta: “Dá para correr aqui”

    Humorista está hospedada na casa da cantora.

  • LANCE!

    Gabigol participa do MTV Miaw 2020 para apresentar Anitta

    Atacante do Flamengo marcou presença via vídeo e revelou amor pelo rap

  • Folhapress

    Azealia Banks chama Anitta de 'lixo', e brasileira responde: 'No caminho certo'

    SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - A cantora norte-americana Azealia Banks, 29, não vai muito com a cara de Anitta, 27. Apesar de o hit "Me Gusta" estar com bastante repercussão fora do país, Banks criticou tanto a qualidade musical quanto a própria brasileira. Em um podcast, ao ser indagada sobre o hit que Anitta fez em parceria com Cardi B, Azealia foi direta na crítica. "A nova música que ela [Cardi] fez com Anitta é muito ruim. Me desculpe, mas eu realmente não gosto da Anitta. Ela é um lixo. É uma porcaria de um lixo", disse Azealia. Em seguida, ainda fez uma comparação entre a brasileira e outras cantoras com sucesso na América Latina. Disse que Anitta jamais chegaria aos pés de Jennifer Lopez e Shakira. Não bastasse tudo isso, Azealia ainda comentou que preferia Ludmilla a Anitta. Vale lembrar que Ludmilla e Anitta vivem em constantes brigas e desentendimentos. No Twitter, Anitta respondeu. Em inglês, escreveu que se orgulhava de não ser bem quista por algumas pessoas mesmo sem citar o nome da rapper norte-americana. "Você já se sentiu grato ao perceber que alguém não gosta de você? Hahahaha. Tipo, como se isso significasse que você está no caminho certo?", postou. Essa não foi a única desavença com artistas brasileiros no currículo de Banks. Em 2018, o produtor de um evento no qual ela participaria afirmou que Azealia se negou a cantar antes de Pabllo Vittar, mas a americana disse que cancelou o show por problemas técnicos.

COMPARTILHE ESTA PÁGINA