Assunto

Fintechs | Notícias sobre banco digital

Vídeo: Tudo sobre banco digital

As startups brasileiras mais buscadas no Google

Ficar em casa durante a pandemia fez as pessoas terem novos comportamentos e hábitos de consumo.
  • 01:22
  • 01:01
  • 08:55
  • 01:37
  • 01:01
  • 00:51
  • 01:10
  • 09:22
  • 12:35
  • Canaltech

    É seguro usar o Guiabolso? Como conectar seu banco com o app

    Aplicativo de gerenciamento financeiro permite sincronizar contas bancárias para atualizar a renda e os gastos automaticamente. Confira uma análise dos aspectos de segurança do Guiabolso e veja como acessar o app

  • Agência Brasil

    BC iguala limite do Pix ao das transferências eletrônicas

    Uma mudança promovida pelo Banco Central (BC) fará com que os correntistas movimentem mais dinheiro via Pix, sistema de pagamentos instantâneos que funciona 24 horas por dia. A partir de hoje (1º), os limites máximos do Pix deverão ser iguais aos da transferência eletrônica direta (TED). Para compras, passará a valer o limite máximo do cartão de débito. Até agora, as instituições financeiras fixavam o teto de envio do Pix com base num percentual do limite diário e mensal para a TED ou para a compra no cartão de débito. Os valores máximos de movimentação continuarão definidos pela instituição financeira, com base no horário, o dia da semana, o canal usado e a titularidade da conta, com o objetivo de garantir a segurança do usuário. Segundo o BC, os valores máximos continuarão a ser estabelecidos pelos bancos, o que mudou foi a compatibilidade do limite com as quantias fixadas para a TED e a compra no débito. A partir de 1º de abril, informou o BC, os clientes poderão gerenciar os limites do Pix no próprio aplicativo da instituição financeira. Atualmente, o correntista pode personalizar apenas os limites para a TED e o cartão de débito, procedimento que indiretamente define os limites das operações via Pix. A qualquer momento, esclarece o BC, o correntista pode pedir para mudar os limites atuais de movimentação. Se for para reduzir, a instituição financeira é obrigada a acatar o pedido instantaneamente. O aumento do limite fica a critério da instituição, após avaliação do perfil do cliente.

  • Canaltech

    Cartões do Banco Inter podem realizar pagamentos via aproximação com o Apple Pay

    Sistema de pagamentos da Apple se junta a Google Pay, compatível com os cartões do Inter desde o ano passado, e Samsung Pay, suportado pelo banco desde 2019. Usuários de iPhone e Apple Watch poderão adicionar os cartões a partir desta terça-feira (2)

  • Agência Brasil

    Banco do Brasil ajuda estados e municípios a cobrar impostos via Pix

    Contribuintes de pelo menos três estados e cinco municípios podem começar a pagar impostos via Pix. Com auxílio de uma tecnologia desenvolvida pelo Banco do Brasil (BB), os governos locais começam a cobrar tributos por meio do sistema instantâneo de pagamentos desenvolvido pelo Banco Central. Segundo o Banco do Brasil, os governos do Acre, do Piauí e de São Paulo iniciaram a integração à nova tecnologia, que permite gerar um código QR (versão avançada do código de barras) que pode ser fotografado com a câmera do celular para pagar impostos por meio do Pix. Os municípios de Eusébio (CE), Linhares (ES), São José dos Campos (SP), Uberlância (MG) e Vila Velha (ES) também estão aderindo a solução. Desde dezembro, as empresas que declaram débitos e créditos tributários podem quitar as contas com a Receita Federal pelo Pix. Os empregadores domésticos também podem pagar as guias do eSocial por meio do novo sistema. No estado de São Paulo, o convênio entre o Banco do Brasil e a Secretaria Estadual de Fazenda permitirá o recolhimento via Pix de valores por meio do Documento de Arrecadação de Receitas Estaduais (Dare) e o pagamento do Imposto sobre a Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS). Multas e custas judiciais também poderão ser pagas pelo novo sistema. A primeira cidade a arrecadar tributos pelo Pix foi Eusébio (CE), na região metropolitana de Fortaleza. Os contribuintes podem quitar o boleto do Imposto sobre a Propriedade Predial e Territorial Urbano (IPTU) de 2021 por meio da nova modalidade. Para pagar os impostos, o contribuinte deve abrir o aplicativo de qualquer banco ou instituição financeira participante do Pix e apontar a câmera do celular para o Código QR. A transação é concluída em até 15 segundos. Bancos diferentes Em funcionamento desde novembro, o Pix permite pagamentos e transferências por pessoas ou empresas 24 horas por dia, sete dias por semana. As operações são instantâneas e podem ser feitas entre bancos diferentes. Os clientes do Banco do Brasil podem usar o Whatsapp para cadastrarem chaves Pix e fazerem pagamentos e recebimentos pelo sistema. No caso dos pagamentos, basta o correntista enviar a foto do código QR ao aplicativo de mensagens. O assistente virtual do BB lê a imagem e completa a transação. A tecnologia desenvolvida pelo Banco do Brasil também está sendo usada pelo grupo Energisa, que atende a consumidores de 11 estados. As distribuidoras estão incluindo gradualmente o código QR nas contas de luz. Em três meses, a novidade deve chegar a todos os 8 milhões de clientes do grupo.

  • Reuters

    Nubank começa a distribuir cartões de crédito na Colômbia

    SÃO PAULO (Reuters) - O Nubank anunciou nesta quinta-feira o lançamento de seu cartão de crédito na Colômbia, afirmando que possui no país uma lista de espera com 250 mil pessoas interessadas, das quais vai atender 3 mil em uma primeira fase. O banco digital chegou à Colômbia em setembro.

  • Canaltech

    Nubank libera pagamentos por proximidade no Google Pay

    A novidade começa a ser disponibilizada nesta terça-feira (23) e deve chegar a todos os usuários ao longo das próximas semanas; recurso funcionará para pagamentos nas funções crédito e débito do cartão

  • Canaltech

    Novo cartão do Nubank permite que usuários definam seu próprio limite de crédito

    Segundo a fintech, o produto quer permitir que os clientes construam um histórico de crédito com a instituição. Ao realizar uma transferência de qualquer valor da conta digital do Nubank para o cartão, o montante se transforma automaticamente no limite de crédito

  • Canaltech

    5 momentos em que o PIX vai revolucionar a experiência bancária no Brasil

    O PIX chegou para facilitar e agilizar as transferências bancárias e pagamentos no Brasil. Mas quais a vantagem do PIX em relação ao TED, DOC ou TEFs? Como posso efetuar transferências e pagamentos usando o PIX?

  • Canaltech

    Energisa permitirá que suas contas de luz sejam pagas via Pix em 11 estados

    Um QR Code será inserido nas faturas físicas das concessionárias. Com isso, bastará o consumidor abrir o aplicativo do seu banco, apontar a câmera do celular e fazer o pagamento. A novidade vale para clientes das distribuidoras do grupo Energisa

  • Canaltech

    Como pagar no Uber Eats usando o Pix

    Gostaria de pagar seus pedidos do Uber Eats com o Pix? Agora, o novo sistema de pagamentos pode ser usado para recarregar o saldo do Uber Cash. Confira neste tutorial como utilizar o app da plataforma para realizar as recargas