Assunto

Notícias do Mundo

Vídeos: Notícias internacionais

Terremoto deixa mortos na Indonésia

Pelo menos sete pessoas morreram em um terremoto registrado neste sábado na costa da Indonésia. Os tremores são frequentes nos arquipélagos do sudeste asiático, localizados no chamado 'Cinturão de fogo' do Pacífico.
  • 01:44
  • 01:27
  • 00:39
  • 00:42
  • 01:04
  • 01:05
  • 01:09
  • 01:15
  • 01:04
  • 00:51
  • AFP

    Venezuela paga 50% do pagamento por 11 milhões de doses de vacinas Covax

    O governo venezuelano pagou pouco mais da metade do valor necessário para a aquisição de 11,3 milhões de doses de vacinas contra a covid-19 pelo mecanismo Covax, informou neste sábado (10) a vice-presidente Delcy Rodríguez.

  • Extra

    Leo Picon é ameaçado de cancelamento após acusação de transfobia ao dizer que foi ‘enganado’ na Espanha: internautas apontam miss

    Leo Picon postou e saiu correndo. Mas a galera dos prints não perdoa e o influenciador está...

  • Reuters

    Venezuela pagou US$64 milhões para receber vacinas pelo Covax, diz vice-presidente

    (Reuters) - A Venezuela pagou 64 milhões de dólares, metade da quantia exigida, pelas doses que receberá por meio do programa global Covax, anunciou a vice-presidente Delcy Rodríguez neste sábado na televisão estatal. “O mecanismo Covax exige um adiantamento --a Venezuela até dobrou o adiantamento exigido”, disse Rodríguez, acrescentando que o governo havia depositado “59,2 milhões de francos suíços nas contas da (aliança) Gavi”, co-líder do programa Covax que busca melhorar o acesso de países mais pobres à vacina.

  • Reuters

    Casos diários de Covid-19 na Índia batem recorde pela quinta vez esta semana

    NOVA DÉLHI (Reuters) - Os casos diários de coronavírus da Índia bateram o recorde pela quinta vez esta semana e as mortes chegaram ao patamar mais alto em mais de cinco meses, com hospitais e crematórios sobrecarregados em partes do país. Novos casos no segundo país mais populoso do mundo somam o maior número bruto em qualquer lugar do planeta ao longo das últimas duas semanas.

  • Reuters

    Produção de vacinas da China contra Covid-19 atingirá 3 bilhões de doses até fim do ano

    CHENGDU, China (Reuters) - A China deve produzir três bilhões de doses de vacinas contra a Covid-19 até o fim do ano, afirmou uma autoridade da Comissão Sanitária Nacional neste sábado. Zheng Zhongwei, que também lidera uma equipe coordenando os projetos de desenvolvimento de vacinas contra Covid-19 do país, fez o comentário durante um evento da indústria na cidade de Chengdu, província de Sichuan, no sudoeste da China.

  • Agência Brasil

    Com disparos de artilharia e flores, Reino Unido saúda príncipe Philip

    Salvas de tiros e de artilharia foram disparadas no Reino Unido neste sábado (10) para marcar a morte do príncipe Philip, com uma enxurrada de homenagens ao homem que foi o pilar de força da rainha Elizabeth durante seu longo reinado. O público levou flores aos arredores das residências reais, em tributo ao príncipe de 99 anos que passou mais de sete décadas ao lado da esposa. Em sua conta oficial do Twitter, a família real publicou uma homenagem da rainha ao seu marido, feita no aniversário de 50 anos de casamento, em 1997. "Ele tem sido simplesmente a minha força e estabilidade todos esses anos, e eu, toda sua família, e este e muitos outros países, temos com ele uma dívida maior do que ele um dia cobrará, ou que jamais saberemos”, disse. “He has, quite simply, been my strength and stay all these years, and I, and his whole family, and this and many other countries, owe him a debt greater than he would ever claim, or we shall ever know.” -Her Majesty The Queen, 1997. pic.twitter.com/wbSldSavNA — The Royal Family (@RoyalFamily) April 10, 2021 As Forças Armadas marcaram a morte de Philipp ao meio dia com uma salva de tiros. Unidades de artilharia em Londres, Edimburgo, Cardiff, Belfast e Gibraltar, e alguns navios de guerra, acionaram suas armas. Apesar de um pedido da família real para que o público obedecesse regras de distanciamento social contra a pandemia e evitasse visitas às residências, pessoas levaram cartazes e flores ao Castelo de Windsor e ao Palácio de Buckingham. Funeral Segundo o Palácio de Buckingham, o funeral do príncipe Philip será no dia 17. O funeral será realizado na Capela de St. George, no Castelo de Windsor, e será precedido por um minuto de silêncio em todo o país. Não haverá acesso ao público ou uma procissão pública em virtude da pandemia. O número de convidados será limitado a 30 pessoas. O Palácio de Buckingham enfatizou que o funeral será realizado de acordo com restrições contra a covid-19, o que significa que membros da família real, incluindo a rainha, deverão usar máscaras. Um porta-voz do Palácio de Buckingham confirmou que Harry, que se mudou para Los Angeles após abdicar de seus deveres reais, planeja comparecer ao funeral, mas que sua esposa grávida Meghan foi aconselhada pelo seu médico a não viajar. * Com informações da Reuters

  • AFP

    Terremoto deixa mortos na Indonésia

    Pelo menos sete pessoas morreram em um terremoto registrado neste sábado na costa da Indonésia. Os tremores são frequentes nos arquipélagos do sudeste asiático, localizados no chamado 'Cinturão de fogo' do Pacífico.

  • Reuters

    Ministro da Economia da Argentina irá à Europa em busca de apoio para negociar com o FMI

    BUENOS AIRES (Reuters) - O ministro da Economia da Argentina, Martín Guzmán, começará no domingo uma viagem pela Europa em busca de consenso para a negociação com o Fundo Monetário Internacional (FMI) que visa reestruturar a dívida do país. Em meio à grave crise econômica pela qual passa a Argentina, Guzmán também manterá discussões sobre a dívida que o país tem com o Clube de Paris.

  • Yahoo Notícias

    Mulher é presa por tossir em paciente com câncer nos EUA

    Uma mulher foi condenada à prisão por tossir no rosto da cliente de uma loja na Flórida (EUA). O caso, ocorrido em junho de 2020, teve a sentença proferida na última quinta-feira (8).

  • Reuters

    China aplica multa recorde de US$2,75 bi ao Alibaba por violações de regras antimonopólio

    XANGAI/HONG KONG (Reuters) - A China aplicou uma multa recorde de 18 bilhões de iuanes (2,75 bilhões de dólares) ao Alibaba Group Holding Ltd neste sábado, após uma investigação antimonopólio concluir que a gigante do e-commerce abusou da sua posição dominante no mercado durante vários anos. A multa, de cerca de 4% das receitas domésticas do Alibaba em 2019, foi aplicada em meio a um endurecimento contra conglomerados de tecnologia e indica que a fiscalização antitruste da China a plataformas de internet entrou em uma nova era, após anos de uma abordagem laissez-faire.