Assunto

Notícias do Mundo

BRF busca reabilitação de suas 2 maiores plantas pela China, dizem fontes

  • SÃO PAULO (Reuters) - A companhia de alimentos BRF está buscando a reabilitação de mais duas de suas unidades pela China durante a missão do governo brasileiro que está no país asiático, para retomar embarques de frango e suínos suspensos dessas fábricas, conforme duas fontes ouvidas pela Reuters. As duas unidades produtivas estão situadas em Lucas do Rio Verde (MT) e Rio Verde (GO), as maiores plantas da BRF.

Vídeos: Notícias internacionais

Biden anuncia acordo sobre imigração ilegal em visita ao Canadá

O presidente Joe Biden anunciou nesta sexta-feira um acordo com o Canadá para conter a imigração ilegal na fronteira comum, em sua primeira visita ao vizinho do norte destinada a marcar a amizade renovada entre os dois países."Os Estados Unidos e o Canadá trabalharão juntos para desencorajar os cruzamentos ilegais da fronteira", disse Biden em discurso no parlamento canadense. O presidente americano elogiou o compromisso do Canadá de receber 15 mil migrantes procedentes do continente americano.Como pano de fundo deste entendimento está a questão de "Roxham", passagem irregular pela qual cerca de 40 mil imigrantes procedentes dos Estados Unidos chegaram a Quebec no ano passado, evitando os pontos oficiais de entrada. Seu fechamento preocupa as ONG de apoio aos imigrantes."O impacto sobre refugiados em perigo extremo é devastador. O resultado será levar as pessoas a tentar travessias ainda mais perigosas em áreas isoladas" ou empurrá-las para traficantes de pessoas, criticou Julia Sande, da Anistia Internacional.Estas chegadas agitaram o clima político no Canadá, país onde o problema é relativamente novo, provocando tensão com Washington. Em janeiro, autoridades americanas fizeram mais de 128.000 detenções por tentativas de entrada ilegal em território nacional, através do México, e a direita republicana não perde a oportunidade de acusar Biden de leniência face ao fenômeno migratório. Informações anteriores ao encontro indicavam que, em troca do fechamento da Roxham Road, Ottawa aceitaria receber cerca de 15.000 solicitantes de asilo da América Latina por meio de canais legais, como acabou sendo anunciado. A medida aliviaria a pressão na fronteira sul dos Estados Unidos.Biden foi aplaudido no Legislativo, principalmente quando elogiou o compromisso dos dois países de apoiar a Ucrânia em sua guerra com a Rússia. Os Estados Unidos e o Canadá são "dois povos" que compartilham o "mesmo coração" e, "em caso de desacordo", resolvem seus problemas "com amizade e boa vontade".A relação entre Washington e Ottawa é infinitamente mais cordial do que durante a presidência do republicano Donald Trump, mas há alguns pontos de conflito.- Ajuda ao Haiti -Outro tema de discussão será o Haiti, país assolado pela violência das gangues e por uma grave crise humanitária. Uma fonte do governo canadense disse à AFP que se espera, para esta sexta-feira, um anúncio de "financiamento significativo", relacionado com a ajuda humanitária e a capacitação das forças de segurança haitianas. Washington acolheria com satisfação que o Canadá desempenhasse um papel de liderança no envio de uma força internacional para o país caribenho. O secretário de Estado americano, Antony Blinken, informou ontem sobre "discussões com o governo canadense para ver o que podem fazer juntos, assim como com outros países, os países da Caricom (Comunidade do Caribe) e da região".Os gastos militares também estarão na agenda bilateral, no momento em que Washington pressiona por um esforço dos membros da Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan), em meio à guerra na Ucrânia e às crescentes tensões com a China. Ottawa está longe de destinar 2% de seu Produto Interno Bruto (PIB) aos gastos militares, um piso estabelecido para os países-membros da Aliança Atlântica. Em particular, pode-se abordar, hoje em Ottawa, a modernização do Comando de Defesa Aeroespacial da América do Norte (Norad, na sigla em inglês).- Semicondutores e cadeias de suprimentos -Os dois países são bastante integrados e parceiros do México no Acordo de Livre-Comércio da América do Norte (T-MEC).Trudeau, cujo país é o primeiro cliente dos Estados Unidos em matéria de comércio exterior, vai querer avançar suas fichas na área econômica. Biden adotou um enorme plano de subsídios para a transição energética, a "Lei de Redução da Inflação" (IRA, na sigla em inglês), destinada a apoiar a produção e o desenvolvimento de tecnologias em solo americano. Os principais parceiros comerciais de Washington temem que essa guinada reduza suas vendas para os EUA. A fonte do governo canadense disse esperar que, na coletiva de imprensa conjunta, sejam feitos anúncios sobre semicondutores e fortalecimento das cadeias de suprimentos na América do Norte.aue/rle/ad/dg/mr/lb
  • 01:23
  • 01:54
  • 01:09
  • 00:48
  • 01:10
  • 01:34
  • 08:00
  • 01:58
  • 01:10
  • 01:00
  • Folhapress

    Biden diz não acreditar que China tenha enviado armas à Rússia

    BELO HORIZONTE, MG (FOLHAPRESS) - Nesta sexta-feira (24), o presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, afirmou não acreditar que a China tenha enviado armas à Rússia no decorrer da Guerra da Ucrânia. A declaração se deu após a visita do líder chinês Xi Jinping à Rússia de Vladimir Putin, entre segunda (20) e quarta-feira (22). Na ocasião, Xi reafirmou sua aliança com o Kremlin, que, por sua vez, voltou a dizer que está aberto para discutir a proposta de paz feita por Pequim. Biden tratou do assun

    Agradecemos seu feedback!
  • Reuters

    BRF busca reabilitação de suas 2 maiores plantas pela China, dizem fontes

    SÃO PAULO (Reuters) - A companhia de alimentos BRF está buscando a reabilitação de mais duas de suas unidades pela China durante a missão do governo brasileiro que está no país asiático, para retomar embarques de frango e suínos suspensos dessas fábricas, conforme duas fontes ouvidas pela Reuters. As duas unidades produtivas estão situadas em Lucas do Rio Verde (MT) e Rio Verde (GO), as maiores plantas da BRF.

    Agradecemos seu feedback!
  • Reuters

    Depósitos em bancos pequenos dos EUA afundaram após colapso do SVB

    (Reuters) - Os depósitos em bancos pequenos dos EUA diminuíram drasticamente após o colapso do Silicon Valley Bank em 10 de março, mostraram dados divulgados nesta sexta-feira pelo Federal Reserve, marcando a maior queda semanal desde 2007. Os depósitos em bancos pequenos caíram para 5,46 trilhões de dólares na semana encerrada em 15 de março, de 5,58 trilhões de dólares na semana anterior, no maior declínio semanal em valor e maior declínio como porcentagem do total de depósitos desde a semana

    Agradecemos seu feedback!
  • Folhapress

    Envolvimento de Netanyahu em reforma judicial de Israel é ilegal, diz procuradora

    SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O primeiro-ministro de Israel, Binyamin Netanyahu, desobedeceu a lei ao se comprometer a atuar diretamente na polêmica reforma judicial promovida por seu governo. A acusação é da procuradora-geral Gali Baharav-Miara, que advertiu o premiê em carta divulgada nesta sexta-feira (24), aprofundando a crise institucional no país. Em um aguardado discurso na véspera, Netanyahu defendeu o pacote de leis apresentado por sua coalizão governista, ecoando correligionários ao afi

    Agradecemos seu feedback!
  • Reuters

    Reguladores dos EUA dizem que sistema bancário é "sólido e resiliente"

    WASHINGTON (Reuters) - O Conselho de Supervisão da Estabilidade Financeira dos Estados Unidos avaliou que o sistema bancário do país continua "sólido e resiliente", apesar do estresse sobre algumas instituições, disse o Tesouro norte-americano nesta sexta-feira. "O conselho discutiu as condições atuais no setor bancário e observou que, embora algumas instituições tenham estado sob estresse, o sistema bancário dos EUA continua sólido e resiliente", disse o Tesouro em comunicado, após reunião fech

    Agradecemos seu feedback!
  • Folhapress

    Incêndio na Espanha obriga 1.500 pessoas a deixar suas casas

    BELO HORIZONTE, MG (FOLHAPRESS) - O primeiro grande incêndio florestal do ano na Espanha atingiu a região de Valência. Segundo autoridades da região, as chamas já destruíram mais de 3.000 hectares (30 km²), área equivalente a quase 4.300 campos de futebol. Além disso, o incêndio já obrigou cerca de 1.500 pessoas a abandonar suas casas. Mais de 500 bombeiros, com o apoio de aviões e helicópteros, trabalharam durante toda a noite de quinta (23) e ao longo desta sexta para combater o incêndio próxi

    Agradecemos seu feedback!
  • Agência Brasil

    Lula vai se reunir com Lira para discutir MPs antes de viagem à China

    O presidente Luiz Inácio Lula da Silva irá se reunir com o presidente da Câmara dos Deputados, Artur Lira (PP-AL), para tratar do trâmite de Medidas Provisórias no Congresso Nacional. O encontro ocorrerá antes da viagem de Lula à China, segundo o ministro-chefe da Secretaria de Comunicação Social (Secom) da Presidência da República, Paulo Pimenta. “Como o presidente Lula vai viajar, vai estar acompanhado do presidente do Senado, Rodrigo Pacheco, é importante que o presidente [Lula] fale com o pr

    Agradecemos seu feedback!
  • RFI

    “Comércio com China é crucial, mas Brasil precisa garantir interesses nacionais nesses acordos”, diz especialista

    O presidente Luiz Inácio Lula da Silva embarca no domingo (26) Pequim, de olho na balança comercial com os chineses. Analistas ouvidos pela RFI acreditam que mesmo num cenário tenso de disputa entre gigantes é possível manter uma relação próxima e pragmática com China e Estados Unidos. Raquel Miura, correspondente da RFI em BrasíliaÉ consenso até mesmo entre direita e esquerda de que o Brasil precisa encontrar meios de retomar o crescimento econômico. Internamente, os juros altos dificultam a ex

    Agradecemos seu feedback!
  • Folhapress

    Suécia enfrenta inflação, pobreza e desigualdade social

    MADRI, ESPANHA (FOLHAPRESS) - O fino gelo da vida moderna está começando a rachar sob os pés dos suecos. Sempre lembrada como exemplo de igualdade social e bem-estar de seus cidadãos, a Suécia enfrenta hoje a dura realidade da inflação e, ainda pior, uma expansão de uma classe pobre que já chega a 15% da população. Fevereiro fechou com uma inflação mensal de 1,1%, a mesma do Reino Unido, um espanto para a nação que sempre se orgulhou da estabilidade econômica. É um índice que tem sido estável, p

    Agradecemos seu feedback!
  • Reuters

    Lula está bem e tem autorização médica para viajar à China no domingo, diz Pimenta

    BRASÍLIA (Reuters) - O presidente Luiz Inácio Lula da Silva está se sentindo bem e recebeu autorização médica para viajar à China no domingo após ter sido diagnosticado com pneumonia leve, afirmou nesta sexta-feira o ministro da Secretaria de Comunicação Social da Presidência, Paulo Pimenta. O presidente adaptou a agenda desta sexta-feira e adiou o embarque para a viagem oficial de sábado para domingo após o diagnóstico.

    Agradecemos seu feedback!

Mais Assuntos em alta

Visualizar mais Assuntos em alta