Assunto

Manaus | Últimas notícias da capital amazonense

  • Folhapress

    Em Manaus, David Almeida tem 52%, Amazonino Mendes, 48%, aponta Ibope

    SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Pesquisa Ibope divulgada nesta sexta-feira (27) mostra o candidato David Almeida (Avante) com 52% dos votos válidos em Manaus. Ele está à frente de Amazonino Mendes (Podemos), que aparece com 48%. A pesquisa foi encomendada pela Rede Amazônica e tem margem de erro de quatro pontos percentuais para mais ou para menos. O nível de confiança utilizado é de 95%. Nas intenções de votos totais, Almeida tem 44% dos votos, contra 40% de Amazonino. Brancos e nulos somaram 12%, e o grupo que não sabe ou prefere não opinar foi 4%. No levantamento anterior do ibope, divulgado em 21 de novembro, Almeida aparecia com 47%, enquanto Amazonino tinha 32%. O Ibope ouviu 602 eleitores da capital do Amazonas dos dias 25 a 27 de novembro. O número de identificação da pesquisa na Justiça Eleitoral é AM-1680/2020.

  • LANCE!

    Técnico do Manaus fala sobre duelo decisivo na Série C do Brasileirão

    Luizinho Lopes projetou o jogo diante do Remo, que pode ser decisivo para a classificação da equipe à próxima fase da terceira divisão nacional, de olho no acesso à Série B

  • Yahoo Notícias

    Segundo turno em Manaus: Debate entre Amazonino e David Miranda em Manaus termina em ofensas e confusão

    David teria se irritado com o tom ofensivo do oponente durante o debate foi cobrar satisfações

  • Agência Brasil

    PF apura desvio de R$ 5,7 milhões em transporte escolar em Manaus

    Um esquema de desvio de recursos públicos do Programa Nacional de Transporte Escolar (Pnate) e do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb) é o alvo nesta segunda-feira (23) da Operação Ponto de Parada. Na ação da Polícia Federal, em conjunto com a Controladoria-Geral da União (CGU) e o Ministério Público Federal, foram cumpridos sete mandados de busca e apreensão e quatro de prisão temporária em Manaus. O trabalho teve como origem o Programa de Fiscalização de Entes Federativos da CGU no município de Presidente Figueiredo (AM), no segundo semestre de 2019. À época, foram verificadas fraudes na contratação de empresa para transporte escolar e na aquisição de combustível para o transporte escolar.  Superfaturamento As ilegalidades ocorreram em 2017 e 2018. Os auditores observaram que a empresa contratada para o transporte escolar atuava como mera intermediadora na prestação dos serviços, o que gerou um superfaturamento de R$ 3.903.405,70, com recursos federais.  Já a aquisição de combustível para o transporte escolar apresentou superfaturamento de R$ 1.865.091,81, com recursos do município. Os investigados podem responder pelos crimes de corrupção passiva, fraude de licitação, uso de documento falso, lavagem de dinheiro e associação criminosa.

  • Yahoo Notícias

    Segundo turno em Manaus: Nicolau, quatro colocado, anuncia apoio a David Almeida

    Nicolau fez questão de agradecer aos 118.289 eleitores que votaram nele no primeiro turno, quando terminou na quarta colocação, com 12,08% da preferência da população manauara.

  • Yahoo Notícias

    Segundo turno em Manaus: 'Meu currículo é bem melhor', diz candidato do Podemos sobre experiência política

    Em post publicado no Twitter, o candidato do Podemos exaltou o próprio currículo e se disse mais preparado para o cargo do que seu adversário no segundo turno, David Almeida (Avante)

  • Folhapress

    Em Manaus, Amazonino Mendes e David Almeida vão ao segundo turno

    MANAUS, AM (FOLHAPRESS) - O ex-governador e ex-prefeito de Manaus Amazonino Mendes, 80 (Podemos), vai disputar o segundo turno das eleições na capital do Amazonas com o também ex-governador David Almeida, 51 (Avante). Com 98,64% das urnas apuradas até as 22h35, Amazonino tinha 23,91% dos votos válidos, contra 22,35% de Almeida. Aos 80 anos, Amazonino foi eleito governador do estado quatro vezes -a última em 2017, após a cassação do ex-governador José Melo- e tenta a quarta gestão na prefeitura da capital amazonense. Em um ano em que a pandemia de Covid-19 colapsou o sistema de saúde de Manaus, com hospitais superlotados, pessoas morrendo em casa e enterros em valas coletivas, a campanha eleitoral de Amazonino foi marcada pela proteção ao candidato que, ao contrário dos adversários, pouco se expôs em eventos públicos, deixando de participar, inclusive, de debates - o que provocou críticas dos concorrentes. Do outro lado da disputa está o bacharel em direito e ex-governador do Amazonas David Almeida (Avante), 51, que se candidatou pela primeira vez ao cargo de prefeito. Almeida foi deputado estadual por três mandatos consecutivos (2007-2016) e, em 2017, assumiu o cargo de governador interino do Amazonas, após a cassação de José Melo (PROS). Almeida tem no palanque aliados e membros de partidos que compõem o grupo de apoio do atual governador, Wilson Lima (PSC), como o senador e também ex-governador Omar Aziz (PSD) e o deputado federal Pauderney Avelino (DEM). Também concorreram a prefeito de Manaus o ex-senador, ex-deputado federal e ex-ministro dos governos Lula e Dilma Alfredo Nascimento (PL) 68, que buscava o quarto mandato com o apoio do atual prefeito, Arthur Virgílio Neto (PSDB); o deputado estadual Ricardo Nicolau (PSD), 45; o oficial da Polícia Militar do Amazonas e deputado federal capitão Alberto Neto (Republicanos), 38; o advogado e vereador Chico Preto (Democracia Cristã), 51; o professor Gilberto Vasconcelos (PSTU), 53; o economista e deputado federal José Ricardo Wendling (PT), 56; o advogado Marcelo Amil (PCdoB), 37; o engenheiro e empresário Romero Reis (Novo), 59; e o coronel da reserva do Exército e ex-superintendente da Suframa (Superintendência da Zona Franca de Manaus) Alfredo Menezes (Patriotas), 57, candidato apoiado pelo presidente Jair Bolsonaro (sem partido). De acordo com o TRE-AM (Tribunal Regional Eleitoral do Amazonas), Manaus tem 1.331.613 eleitores aptos a votar nestas eleições, número que corresponde a 53% dos eleitores do estado do Amazonas, que tem pouco mais de 2,5 milhões de pessoas aptas a votar. E, apesar de não ter nenhuma representante feminina entre os candidatos à prefeitura, as mulheres representam mais da metade dos eleitores manauaras: 52,9%, pouco mais de 704 mil eleitoras.

  • Folhapress

    Apuração dos votos para a Prefeitura de Manaus

    98,64% das seções totalizadas PODE – 19 230.738 votos 23,91% AMAZONINO MENDES AVANTE – 70 215.644 votos 22,35% DAVID ALMEIDA PT – 13 137.988 votos 14,30% ZE RICARDO PSD – 55 116.562 votos 12,08% RICARDO NICOLAU PATRIOTA – 51 109.325 votos 11,33% CORONEL MENEZES REPUBLICANOS – 10 75.289 votos 7,80% CAPITÃO ALBERTO NETO PL – 22 31.225 votos 3,24% ALFREDO NASCIMENTO NOVO – 30 28.764 votos 2,98% ROMERO REIS DC – 27 15.911 votos 1,65% CHICO PRETO Anulado Sub Judice PC do B – 65 2.794 votos 0,29% MARCELO AMIL PSTU – 16 736 votos 0,08% GILBERTO VASCONCELOS 43.249 · 4,03% Brancos 64.905 · 6,05% Nulos

  • Yahoo Notícias

    Quem vai para o segundo turno em Manaus: Amazonino Mendes e David Almeida disputarão prefeitura

    O segundo turno das eleições de 2020 está marcado para acontecer dia 29 de novembro.

  • Yahoo Notícias

    Colinha virtual Eleições 2020: todos os números de candidatos a prefeito em Manaus

    Não sabe qual o número do seu prefeito em Manaus? Procure na lista completa

COMPARTILHE ESTA PÁGINA