Assunto

Piauí PI | Últimas notícias do estado e Teresina

  • Reuters

    Pi, do Santander, terá 60% da Toro após acordo

    SÃO PAULO (Reuters) - A plataforma digital de investimentos do Santander Brasil, Pi, acertou acordo de investimento em que terá 60% da holding que controlada a Toro Corretora e a Toro Investimentos, informou o banco de origem espanhola nesta terça-feira. O valor do negócio não foi divulgado.

  • Valor Econômico

    CGN Brasil vai investir R$ 444 milhões em complexo eólico no Piauí

    Montante será usado na expansão do complexo eólico Lagoa do Barro, localizado no Estado A CGN Brasil Energia e Participações, braço da China General Nuclear Power Group (CGN) no país, anunciou investimentos de R$ 444 milhões na expansão do complexo eólico Lagoa do Barro, localizado no Piauí. Em operação desde 2018, o complexo piauiense envolve oito parques eólicos, que somam 195 megawatts (MW) de potência instalada. A ampliação, fruto da vitória da CGN Brasil no leilão de energia A-6/2019, agregará mais 82,8 MW ao empreendimento. Com isso, a capacidade de geração do complexo deverá atingir 366.000 megawatts-hora (MWh) por ano. Segundo comunicado da companhia, as obras se iniciarão em dezembro deste ano. A operação comercial está prevista para dezembro de 2021. Os contratos para expansão do empreendimento foram assinados na semana passada, em cerimônia virtual com representantes da CGN Brasil, de sua controladora chinesa, e de cônsules da China no Brasil. Com sede em Curitiba (PR), a CGN Brasil é uma subsidiária da CGN Energy International Holding (CGNEI). A companhia chinesa ingressou no mercado brasileiro no ano passado, através das aquisições da Atlantic Energias Renováveis (que pertencia à gestora britânica Actis) e de projetos eólicos e solares da Enel. Atualmente, a CGN Brasil é a quinta maior geradora de energia “limpa” do país.

  • Canaltech

    “Planeta pi”: astrônomos descobrem exoplaneta com período orbital de 3,14 dias

    Uma equipe de pesquisadores do MIT e outras instituições encontraram um "planeta pi", que orbita sua estrela a cada 3,14 dias. O planeta foi identificado em meio a dados da missão K2, coletados pelo telescópio espacial Kepler

  • Folhapress

    Governador do Piauí diz estar preocupado com retirada de estímulos da economia

    SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O governador do Piauí, Wellington Dias (PT), enviou carta neste domingo (20) a colegas do Fórum dos Governadores sugerindo a criação de um plano para a economia. Liderança informal dos governadores do Nordeste, Dias disse estar preocupado com os efeitos da retirada dos estímulos públicos, como a redução do auxílio emergencial à metade, o fim dos repasses extraordinários para estados e municípios e dos incentivos para evitar demissões no setor privado. Segundo ele, há risco de uma onda de queda do consumo, gerando “demissão generalizada” e pobreza. “À exceção de alguns setores como alimentos e exportação, teremos forte queda na economia e varejo com efeitos já a partir de outubro, piorando até início do próximo ano", analisa. O governador quer reunir líderes de estados e prefeitos, além de secretários estaduais de fazenda, para analisar o cenário das receitas estaduais e municipais até o fim do ano. E defende um "impulso do setor público". "Não defendendo que a União sustente Estados e municípios por tempo indeterminado, mas devemos ter um plano de medidas anticíclicas permanente, que ajude e encoraje o setor privado a manter e ampliar os investimentos existentes", afirma ele na carta. "Outros países estão fazendo isto, vejam situação da Índia, não tem outro caminho".

  • Yahoo Notícias

    Ex-prefeito de cidade no Piauí ataca atual: 'Não roubei o tanto que esse aí roubou'

    Fala foi durante discurso em apoio à candidatura de Cristiano Brito para disputar a Prefeitura de Cocal pelo MDB nas eleições municipais deste ano

  • Agência Brasil

    Traficantes de drogas são alvo da Polícia Federal no litoral do Piauí

    pEm um desdobramento da Operação Manzuá, que apurou crime de cultivo ilícito de maconha na zona rural da Ilha Grande/PI, 30 policiais federais cumpriram nesta sexta-feira (5) 5 mandados de busca e apreensão, contra um grupo de traficantes de drogas. Os mandados foram expedidos pelo juiz titular da 2ª Vara Criminal da Comarca de Parnaíba, no Piauí, para execução nas cidades de Parnaíba e Ilha Grande, e em Araioses, no Maranhão.img src=https://agenciabrasil.ebc.com.br/ebc.png?id=1387048o=rss style=width:1px; height:1px; display:inline; /img src=https://agenciabrasil.ebc.com.br/ebc.gif?id=1387048o=rss style=width:1px; height:1px; display:inline; //p h2Presídios/h2 pO grupo , segundo as investigações, atua na região norte do estado, inclusive fornecendo drogas em presídios. Os criminosos contavam com ajuda de agentes públicos lotados em órgão estratégicos da segurança e tinham acesso a informações privilegiadas a respeito de investigações policiais, com a finalidade de dificultar a repressão dos membros da quadrilha./p h2Penas/h2 pOs investigados serão indiciados pelos crimes de associação para o tráfico, associação criminosa, tráfico de drogas, divulgação de dados sigilosos e outros crimes que forem identificados no decorrer do cumprimento das buscas./p pA Operação foi denominada Manzuá II em referência à armadilha de captura de peixes utilizada por pescadores locais, fazendo alusão ao constante trabalho da polícia federal para prevenir e reprimir o tráfico de drogas./p

  • Yahoo Notícias

    Mulher é filmada dançando funk em pena Câmara dos Vereadores no Piauí e vídeo viraliza

    Presidente da Casa fez boletim de ocorrência e disse que vai trabalhar para punir os responsáveis

  • Reuters

    Votorantim e CPPIB fecham compra de turbinas eólicas com Vestas para usinas no Piauí

    SÃO PAULO (Reuters) - Uma joint venture entre o grupo Votorantim e a gestora canadense de fundos de pensão CPPIB fechou a compra de turbinas eólicas da fabricante dinamarquesa Vestas para um empreendimento de geração que será construído no Piauí.O acordo envolve máquinas do modelo V150, com 4,2 megawatts cada, que somarão capacidade total de 409 megawatts, além de um acordo de 20 anos para prestação de serviços visando otimizar o desempenho e a vida útil das usinas, disse a Vestas em comunicado nesta sexta-feira.

  • Folhapress

    Assembleia do Piauí decide pagar tratamento fora do estado a deputados com Covid

    RECIFE, PE (FOLHAPRESS) - Em meio à crise fiscal que assola os estados brasileiros, deputados estaduais do Piauí ganharam o direito a serem ressarcidos por despesas hospitalares relativas à Covid-19. Para casos tratados fora do estado, os parlamentares ainda são autorizados a receber diárias, hospedagem e passagens aéreas para até dois acompanhantes. Os benefícios constam em ato da mesa diretora da Assembleia Legislativa do Piauí publicado no dia 17 de junho. "Excepcionalmente, por conta da pandemia do novo coronavírus, fica assegurado o ressarcimento das despesas efetuadas no tratamento do parlamentar que venha a ser acometido pela doença", diz trecho da norma. Para receber o que gastou, basta ao deputado comprovar os custos realizados por meio de nota fiscal correspondente. O ato da mesa diretora determina ainda que, enquanto estiverem se tratando fora do Piauí, os políticos terão direito a diárias que podem chegar a R$ 6.000 por cada período de 30 dias de hospedagem. "Fica assegurado a concessão de passagens aéreas destinadas a até dois acompanhantes do parlamentar, requeridas antecipadamente ao setor competente de administração da Casa", diz outro ponto do texto. A norma aprovada ainda permite efeitos retroativos. O deputado que tiver pago despesas mesmo antes do dia 17 de junho pode solicitar o ressarcimento normalmente. Pelo menos um dos deputados da Assembleia Legislativa do Piauí buscou atendimento hospitalar em São Paulo após ser contaminado pelo novo coronavírus. No dia 12 de julho, Georgiano Neto (PSD) foi internado no hospital Sírio-Libanês. Cinco dias depois, ele precisou ir para a UTI. Ele já recebeu alta médica. Procurado pela Folha de S.Paulo, o parlamentar, por meio de sua assessoria, afirmou que até o momento não solicitou o ressarcimento dos gastos. O presidente da Assembleia Legislativa do Piauí, deputado Themístocles Filho (MDB), disse que o ato em questão foi reeditado e existe no âmbito da assembleia há mais de 30 anos para casos de risco de morte ao parlamentar. A assessoria de imprensa da assembleia comunicou que a comissão que analisa os processos ainda não recebeu solicitações de ressarcimento.

  • BBC News Brasil

    Para que serve o Pi e por que esse número causa tanto fascínio

    Todo mundo aprendeu sobre número Pi na escola, mas há muito que talvez você não saiba sobre ele.

COMPARTILHE ESTA PÁGINA