Assunto

Xuxa Meneghel | Últimas notícias sobre a apresentadora

  • Folhapress

    Xuxa atinge marca de 100 mil cópias vendidas do seu livro 'Memórias' em 24 horas

    SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Xuxa Meneghel, 57, alcançou o marco de 100 mil cópias vendidas da sua autobiografia "Memórias", lançada nesta segunda-feira (21). A cantora fez questão de comemorar e agradecer aos fãs através das redes sociais. "Sabe como se chama isso? Gratidão! Obrigada obrigada obrigada", escreveu Xuxa segurando uma placa comemorativa em que destaca "livro de ouro". Em "Memórias", Xuxa conta sobre sua trajetória de sucesso que conquistou legião de fãs nos anos 1980 e a fez ganhar o título de Rainha dos Baixinhos. Espalhadas em 272 páginas, o livro contra mais de 100 fotografias selecionadas pela própria Xuxa. Além da sua carreira, a obra aborda questões da vida pessoal da apresentadora como seus antigos relacionamentos com Pelé, Ayrton Senna e Luciano Szafir. "Cada indivíduo é único. E só posso contar o que eu vivi. O que eu penso. Quem eu sou. E quais as graças que tive em minha trajetória até aqui. Não tenho terapeuta, então quem sabe essas próximas linhas não sirvam também como uma terapia?", diz Xuxa no começo da sua autobiografia. Em entrevista ao jornal Folha de S.Paulo, realizada por e-mail, Xuxa pontuou algumas coisas que faria diferente em seu passado se tivesse oportunidade. A principal delas, de acordo com a apresentadora que atualmente é contratada da Record TV, seria acreditar menos nas pessoas. "Se tivesse que voltar atrás, eu diria para mim, naquela época 'acredite menos, se doe menos, viva mais as oportunidades de beijar e de ser beijada, não deixe ninguém gritar com você e não deixe nenhuma pessoa dizer que você não é ninguém se ela não estiver por perto'." Em sua autobiografia, Xuxa também aborda a polêmica envolvendo com sua ex-fiel amiga e colega, Marlene Mattos. As duas eram próximas desde o início da carreira da apresentadora, ainda na TV Manchete, quando surgiu o Clube da Criança. Com poucas menções, Xuxa atribui o fim das relações entre ambas a um "desgaste" no relacionamento das duas. A cantora Rita Lee foi a primeira pessoa a ler "Memórias" de Xuxa e foi a responsável por escrever o prefácio da obra. "É como assistir a um filme sobre uma atriz hollywoodiana que começou ralando na vida e quis o destino que se tornasse uma deusa superstar. Conhecendo os pormenores de suas aventuras, que, aliás, escreve com coragem e honestidade, entendo melhor essa mulher estonteantemente bela e os momentos nem sempre fáceis pelos quais passou", diz a artista em um trecho extraído do livro.

  • Yahoo Vida e Estilo

    Xuxa diz que veganismo melhorou sexo com Junno: "A gente entrou no paraíso"

    Segundo a apresentadora, a vitalidade dobrou

  • Yahoo Vida e Estilo

    Xuxa confirma que deixa Record no fim ano: "Infelizmente"

    Apresentadora lamentou não apresentar nova temporada de "Dancing Brasil".

  • LANCE!

    Xuxa conta intimidades com Ayrton Senna em livro: 'Um Ano-Novo durou dois dias, sem sairmos do quarto'

    A apresentadora relembra ainda de ter 'visto' Senna após o acidente e que ali ela sentiu que ele tinha morrido

  • Yahoo Vida e Estilo

    Após criticar Valadão por LGBTfobia, Xuxa dispara: "Quem não se posiciona é conivente"

    A apresentadora levantou bandeira nas redes sociais

  • Folhapress

    'Quem não se posiciona é conivente', diz Xuxa após criticar fala homofóbica de Ana Paula Valadão

    SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Xuxa, 57, voltou a se manifestar sobre a fala homofóbica de Ana Paula Valadão, 44, que viralizou nas redes sociais. Na madrugada desta segunda (14), a apresentadora escreveu no Instagram que é preciso, sim, se posicionar contra o preconceito e a discriminação, "so assim meus netos poderao viver num mundo um pouco melhor!". "Hoje [segunda] eu ouvi de uma pessoa que amo muito que [ela] prefere se calar e não entrar em 'polêmica'. [...] Eu vou repetir uma frase que vai virar um mantra para mim: 'Hoje quem não se posiciona com o que está errado no mundo é conivente com o erro, portanto, NÃO SE CALE", afirmou. Acompanhado do texto, ela publicou um vídeo do casal formado pelo jornalista Murilo Ribeiro e o médico Pedro Maroun, do programa Vem Pro Dark Room, em que eles elogiam a postura de Xuxa ao criticar a fala de Ana Paula Valadão. A apresentadora também afirmou que ela virou fã do casal. ENTENDA No sábado (12), Xuxa usou seu Instagram para se posicionar contra um vídeo de 2016 da cantora gospel. "A Aids está aí para mostrar que a união sexual entre dois homens causa uma enfermidade que leva à morte", é uma das frases emitidas por Ana Paula no vídeo. "Isso não pode ser uma briga ou uma decepção só para quem é LGBT, não podemos e não devemos tolerar mais preconceito, discriminação e desamor em nome de Deus, quem concorda com essa senhora saiba que é CRIME, e guarde sua falta de amor ao próximo pra você", escreveu Xuxa. Junto ao posicionamento, Xuxa compartilhou uma imagem da cantora gospel que dizia "movimento LGBT vai processar Ana Paula Valadão por crime de LGBTfobia". De acordo com o colunista Tony Goes, Ana Paula, que também é pastora, já deu diversas declarações que podem ser consideradas homofóbicas ao longo de sua carreira. Alguns anos atrás, indignou-se com a campanha publicitária de uma loja de roupas que promovia uma coleção unissex, por exemplo. Xuxa tem usado as redes sociais para se posicionar sobre diversas polêmicas. Em julho defendeu o influenciador Felipe Neto, 32, dos ataques de Antônia Fontenelle, 47. "Estou com você de coração, corpo e alma. Se proteja, mas não se cale", publicou a apresentadora no seu Instagram à época acompanhada de uma foto do youtuber.

  • Folhapress

    Xuxa critica fala homofóbica de Ana Paula Valadão

    SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Xuxa, 57, resolveu se posicionar a respeito da polêmica envolvendo Ana Paula Valadão, 44. Um vídeo de 2016 no qual a cantora gospel faz declarações homofóbicas viralizou nesta semana. "A aids está aí para mostrar que a união sexual entre dois homens causa uma enfermidade que leva à morte", é uma das frases preconceituosas emitidas por Ana Paula, pois qualquer pessoa que mantenha relação sexual, sem uso de preservativo está exposta ao vírus HIV, independentemente de sua orientação sexual. A Rainha dos Baixinhos usou seu Instagram na manhã neste sábado (12) para dizer que esse tipo de comportamento deveria revoltar qualquer pessoa. "Isso não pode ser uma briga ou uma decepção só pra quem é LGBT, não podemos e não devemos tolerar mais preconceito, discriminação e desamor em nome de Deus, quem concorda com essa senhora saiba que é CRIME, e guarde sua falta de amor ao próximo pra você", escreveu Xuxa. Junto ao posicionamento, Xuxa compartilhou uma imagem da cantora gospel que dizia "movimento LGBT vai processar Ana Paula Valadão por crime de LGBTfobia". De acordo com o colunista Tony Goes, Ana Paula, que também é pastora, já deu diversas declarações que podem ser consideradas homofóbicas ao longo de sua carreira. Alguns anos atrás, indignou-se com a campanha publicitária de uma loja de roupas que promovia uma coleção unissex, por exemplo. Xuxa tem usado as redes sociais para se posicionar sobre diversas polêmicas. Em julho defendeu o influenciador Felipe Neto, 32, dos ataques de Antônia Fontenelle, 47. "Estou com você de coração, corpo e alma. Se proteja, mas não se cale", publicou a apresentadora no seu Instagram à época acompanhada de uma foto do youtuber.

  • Yahoo Vida e Estilo

    Xuxa se declara no aniversário de Junno: “Nasceu para me fazer feliz”

    O cantor está completando 57 anos nesta sexta (11)

  • Originais do Yahoo

    Xuxa se declara no aniversário de Junno

    O cantor está completando 57 anos nesta sexta (11)

  • Yahoo Vida e Estilo

    Sasha Meneghel se diverte com pergunta sobre gravidez

    Sasha respondeu perguntas dos seguidores em seu Instagram.

COMPARTILHE ESTA PÁGINA